Existem diferentes ferramentas que podem ser usadas para se implementar um sistema de gestão para a sustentabilidade em organizações e/ou instituições. Vamos abordar aqui o ciclo do PDCA, uma ferramenta muito conhecida e bem simples, aplicável em organizações de todos os portes. Trata-se de um modelo intuitivo, cujo objetivo maior é a melhoria contínua, o que nos permite buscar sempre o aperfeiçoamento.
 
O ciclo do PDCA é representado graficamente por um círculo composto por quatro partes, que representam as etapas: “plan” (planejar), “do” (fazer), “check” (verificar) e “act” (agir). Começando no “planejar”, a ideia é que cada etapa aconteça depois da outra e, por ser um ciclo, não há um fim pré-determinado.
 
A lógica do PDCA nos permite definir o tamanho do sonho, ou seja, ao planejar a estratégia para a sustentabilidade da organização, devem ser criados os objetivos para atender a cada um dos pilares que compõem o conceito. Esse é o momento para a organização levantar e analisar seus propósitos e sonhos, bem como os caminhos para alcançá-los e os métodos a serem seguidos.
 
INSERIR GRÁFICO
 
Depois de “planejar”, vamos ao “fazer”. A organização deve garantir a execução exatamente como planejada, seguindo a metodologia proposta. Em seguida, é hora de “verificar” e comparar o que foi feito na etapa anterior, identificando e comparando as diferenças entre planejado e realizado, bem como os resultados, se foram satisfatórios ou não. É chegado o momento de “agir”, de corrigir falhas encontradas durante o processo e repetir o ciclo a partir de uma análise crítica dos resultados, estabelecendo passos desafiadores na direção desejada.
 
É mais simples do que parece, não é? Há várias outras ferramentas que podem ser utilizadas além do PDCA.
 
Matriz SWOT: pode ser empregada em organizações de todos os portes. É indicada para analisar pontos fortes e fracos da organização e a situação de mercado. Nesse momento difícil que estamos atravessando, pode ajudar a reduzir os riscos do negócio na mesma medida em que pode aumentar chances de sucesso.
 
Business Model Canvas: mais conhecido como Canvas ou BMC, permite uma definição de modelo de negócio de forma sistêmica, integrada, visual e rápida. Indicada também para organizações de todos os portes.
 
A adoção de uma gestão orientada para a sustentabilidade é o fator que hoje impacta significativamente na competitividade empresarial. O sonho é que possamos ter, um dia, os princípios da sustentabilidade permeando todas as atividades humanas.